theme por the-dreamgirl, detalhes de m-4-r-y, affectingyou e sorriso-inconstante
« don't copy »
see the credits...
little small essentials
“Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.” - Caio Fernando Abreu






feel, cry, ignore, scream... but she'll persist.

(Source: iradicate)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 156,590 notes · Reblog
originally iradicate · via: and-take-me-away
Mas eu queria que você soubesse que eu só tinha intenções boas, não tenha dúvida disso, eu só queria a gente andando de mãos dadas, beijinhos com mordidas, um filminho de tarde, dormi de conchinha, cafuné, eu só queria deitar no teu peito e planejar um futuro que talvez nunca chegasse, sabe? Uma casa, filhos, talvez um cachorro…
Ah eu queria tantas coisas, todas com você, não tinha nada que eu desejasse mais que o ‘nós’.
Eu queria e quero nós.   (via coutes)

(Source: emotizar)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 2,429 notes · Reblog
originally emotizar · via: coutes
Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim.
As Vantagens de Ser Invisível.    (via coutes)

(Source: versificar)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 65,061 notes · Reblog
originally versificar · via: coutes

(Source: Proezas)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 30,570 notes · Reblog
originally proezas · via: sou-ciumento
Alguém ficou me dizendo que não tinha problema sentir, não importa o quanto isso machucasse… Que nossas emoções nos tornam humanos, bons ou ruins, e para nunca perder a esperança.
The Vampire Diaries.   (via coutes)

(Source: versificar)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 51,413 notes · Reblog
originally versificar · via: coutes
Com o passar tempo toda dor se anestesia, e passa a não doer tanto quanto antes. E o que te fazia mal, acaba sendo fonte de forças pra continuar firme.
Pô cara, valoriza.  (via coutes)

(Source: percorrido)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 1,901 notes · Reblog
originally percorrido · via: coutes
Às vezes eu tenho mais dificuldade em perdoar meus próprios erros do que os dos outros.
Mah  (via sou-ciumento)

(Source: c-arryon)

Posted 29 November 2013, 9 months ago · 538 notes · Reblog
originally c-arryon · via: sou-ciumento
Deixe de lado qualquer comentário inútil, você é muito mais do que isso.
Clarice Lispector.   (via antigapoetisa)

(Source: NERDBIPOLAR)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 33,222 notes · Reblog
originally nerdbipolar · via: semi-principe
Eu nunca gosto de nada, e gostei tanto de você.
— É?
— Droga.
— O quê?
— Eu falando de gostar.
— E daí?
— E daí que vai acontecer tudo de novo.
— O quê?
— Vou sentir demais, falar demais, escrever demais. E você vai embora.
Tati Bernardi   (via conduzindo)
Posted 2 June 2013, 1 year ago · 2,195 notes · Reblog
originally estilos-da-rua · via: 27-05

(Source: aagerencia)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 5,630 notes · Reblog
originally aagerencia · via: faz-sonhar

(Source: deppforsale)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 2,225 notes · Reblog
originally deppforsale · via: faz-sonhar
Perca-se naquele sorriso enigmático, decore ele, o que diz, o que pede ou o que esconde. Perca-se na marquinha escondida no braço direito, pergunte-se sobre ela, descubra. Perca-se no sonho do outro, viaje com ele na loucura, adentre o mundo novo. Perca-se na tarde de domingo entre os cobertores no inverno mais bonito que já passou e a neve nem precisou cair. Perca-se também no calendário, não precisa lembrar se é janeiro ou julho: perdido você está e perdido quer continuar. Perca-se nos olhares também perdidos, aflitos, felizes, convidativos, claros ou escuros: suas histórias e seus planos. Perca-se na voz cantando “depois de você os outros são os outros e só”, porque é bom, é bonito, é você e só. Perca-se na sensação de estar partindo, mas descobrir que tudo é uma grande chegada, ou vice-versa: perca-se na lógica e na dúvida do outro. Perca-se na paixão, que seja vermelha, rosa, azul, verde: nas cores que viram amor quando se misturam e perduram. Perca-se no jantar à luz de velas, que é brega, mas tudo já está tão perdido que fica romântico. Perca-se na música que fala por vocês, na foto colocada no fundo de tela do celular, na primeira carta, no primeiro abraço, no último segundo lado a lado. Perca-se na vontade de ser de novo e outra vez tudo o que são juntos.
— Camila Costa.  (via piorqueomelhordedois)

(Source: camilacosta)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 491 notes · Reblog
originally camilacosta · via: faz-sonhar

(Source: itsonbitch)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 165,253 notes · Reblog
originally itsonbitch · via: halfqueen

(Source: amo1bobo)

Posted 2 June 2013, 1 year ago · 47,759 notes · Reblog
originally amo1bobo · via: faz-sonhar